Divórcio

Ninguém se casa pensando no divórcio, mas infelizmente isso acontece bastante. Quando a relação chega ao fim, surgem muitas dúvidas sobre como realizar o processo de divórcio de maneira mais fácil e que não prolongue o sofrimento.
O Divórcio consensual, pode ser extrajudicial ou judicial, ou seja:
Judicial: Quando o casal tem filhos menores, ou não tem filhos menores mas deseja fazer judicialmente. Neste caso, o casal leva toda a documentação para o seu advogado, este prepara a petição, o casal assina a petição juntamente com o advogado e ele pede a homologação do juiz.
Extrajudicial: realizado em Cartório e só pode ser realizado se as partes estiverem de acordo, não houver filhos menores ou a cônjuge não estiver grávida.
Divórcio litigioso – Este ocorre quando apenas uma das partes não quer o divórcio ou, quando as duas querem, mas não concordam com os termos do divórcio, sejam questões relacionadas a guarda, partilha, alimentos (pensão), etc.